09 fevereiro 2010

… por dentro a noite…

 

A vida muda depressa
a vida muda num instante *
 
 



Por dentro a noite... [JMB]





Percorra-se a noite por dentro do breu
deste imenso pedaço de céu.
Obscuridade apaixonada
pela lua branca de cal viva
espelhada nos telhados húmidos
fronteiriços aos terraços do ser.



Solte-se a noite nesta lua deitada
branca, imensa de incandescências e
claridades incisivas encobrindo
fictícias as nuvens no horizonte.



Sobre um rio imaginário
o nevoeiro alagado, expandido
até à bruma nocturna translúcido
nas luzes mais teimosas.



Luz difusa, encoberta melodia
de sonho nas brumas opacas
de que se faz a madrugada.
Desejos acorrentados



pelas sombras de quem não sabe
que o dia vem a seguir à noite.  Amanhã
é como a noite, a alba que em mim acontece.
E a lua branca espelhada nos telhados…
O rio encoberto pela magia da neblina…
A cidade parece adormecida…





* Por Eunice Muñoz em O Ano do Pensamento Mágico de Joan Didion, Teatro Nacional S. João, 22.01.2010



Protected by Copyscape Plagiarism Tool



Sem comentários: