27 abril 2009

Cavalgarei um raio de sol enquanto a lua…




Luz sobre um corpo #02
 



Não há outro caminho!
Só este…
Só este nos leva ao Jardim de Éden
Há muito almejado pelas almas delirantes
Dos nossos corpos em ascensão
Flutuantes… imersos na paixão
Até que finalmente… hino de paz

… e adormeço na plenitude da tua paz.

Nefertiti
 
 

Luz sobre um corpo #04  
 


I

Um dia irei a tua casa.
Estarás à minha espera
na cama nua recebendo
no corpo ansioso os últimos raios
do sol do dia.
 
 
Chegarei cavalgando um desses raios
poisando suavemente nos teus seios
cansados de esperar
e beberei das tuas fontes
a água de antigas deusas…
 
 
 

Luz sobre um corpo #03
 
 


II

Meu beijo no teu corpo
Teu corpo na minha boca
Minha boca no teu desejo
Meu corpo à porta do teu
navegando num imenso oceano de púrpura!
 
 
Sinto já íntimos
o sabor
e o cheiro
de te sentir toda
… e já quase dentro de ti!
 
 
Beijo que acaricia
Mão que beija
Corpo que deseja
Rainha de sedução.
 
 

Teu corpo nu meu corpo #04   
 
 

III

Amar-me-ás  assim sem desculpas
e ter-me-ás em ti louco sem culpa
inundando-te quente de paixão.
Sôfrego esmagando-te
com ternura acolhendo-te
na solidão e num êxtase
na redondeza do teu ventre.
Tua boca apenas se abrirá para me sufocar
e engolir…
 
 

Teu corpo nu meu corpo #01

 
 

IV

Oiço o chamamento
- sei dessa inevitabilidade -
no tamanho do teu grito que
nem sempre te posso responder e
nem sei se me ouves nesta distância.
 
 
Sim…!
respondo murmurando.
Não te fugirei das mãos inquietas
- querê-las-ei plenas em mim abertas de dar
fechadas de querer.
Nas minhas
teu corpo ansioso se moldará
(então a lua descerá sobre nós)
suado se colará no meu, longo
no comprimento da madrugada próxima.



Teu corpo nu meu corpo #02





Protected by Copyscape Plagiarism Tool


Sem comentários: