14 janeiro 2009

A Neve

 

Ainda mais claros... os dias! #127

 

 

Branca farinha seiva da terra

Um velo frio vestindo a montanha,

Assim é a neve fina e miúda

Dos dias de gelo sem claridade

A neve que rouba o conforto do lar,

Um manto frio de amargo esplendor

Uma doçura que encanta e perturba.

  

 

Branca é a neve que cobre as colinas.

É fria e branca e os olhos me cega

E a pele me veste de branco e de frio.

Oh meu Deus e meu Senhor!

Vem e ajuda-me, que eu desespero

De achar algum dia o caminho de casa.

 

  

Poema galês do Século XV de Gwerfyl Mechain in “A Perfeita Harmonia, Poemas Celtas da Natureza”, Tradução de José Domingos Morais, Assírio & Alvim, Edição 0961, 2004, Lisboa.

  

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Sem comentários: