01 julho 2008

Palavras significantes




Empresta-me os teus símbolos com que brincas
na areia fofa e dourada
de um intempestivo silêncio que te dói...

Procura-me na ausência das palavras - que é o que tenho - na noite
que não me pertence
e pode ser nossa
nesse banho de chuva com que me inundas
morna
suavemente escorrida em minha pele nua
seca
de mil esperas...



Page copy protected against web site content infringement by Copyscape


Sem comentários: