29 maio 2008

Sorri!




Sorri! Sorri! Sorri!
Sempre.
… mas fica calada.


Sorri!
… e depois de sorrires… sorri uma vez mais.
E deixa-te cair molemente no chão.
Fecha os olhos a sorrir…

Em ti deposito todos os meus beijos ao fim da tarde.



Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Sem comentários: