20 maio 2008

Entre vagas...


Entre as vagas e as dunas
A praia
Recoberta de nostálgico
Horizonte rubro de sol
Pálido de tanta noite.

Na areia
Os resíduos
De amor consumado.
Eufórico e maldito.

Além das dunas
Aquém das vagas
Apenas os resíduos…

Tudo o mais é sol poente
Crepúsculo de morcegos
Noite de maus pensamentos.


Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

Sem comentários: